quinta-feira, 28 de junho de 2012

Joga Solônica, by Mateus


Primeiro jogo da noite foi The Pillars of the Earth


Gerson Carioca, Solon Pensador e Riffel Belezinha
O jogo agradou a todos, com uma mecânica de work placement onde existe uma mistura de sorte, oportunismo e gestão de recursos, garantiu a diversão e a disputa foi acirrada do início ao fim. No jogo cada jogador representa uma guilda que tem como objetivo ajudar na construção da igreja. O jogo se passa em 6 anos, sendo cada ano uma rodada (ufa!), e cada rodada se compra recursos, coleta dinheiro, contrata artesãos e se escolhe privilégios, claro que a ordem das escolhas influencia, onde quem escolhe primeiro tem a vantagem de alocar onde quiser e quem deixa para depois tem o custo reduzido, porém com escolhas limitadas. Inicialmente o Solon começou abrindo os cofres e despontou em primeiro, mas logo depois o Gerson encaixou uma boa sequencia de jogadas e tomou a liderança. Logo em seguida, em função de eventos mais ou menos aleatórios o gás de nosso velhinho Solon (que gasta bastante tanto jogando quanto comprando jogos) acabou. No final do jogo todos haviam gastado fortunas na construção da igreja (tava parecendo obra pública), e como ninguém mais tinha grana o último ano foi meio na sorte, Riffel vinha na liderança e pronto para levantar o caneco de vinho com hóstia, mas o Mateus foi beneficiado pela ordem de escolhas dos privilégios e o azar do Riffel foi tanta que seu último mestre de obras não tinha onde ser alocado, então como mostra a foto, no próximo jogo de The Pillars of the Earth ele é o primeiro jogador (haha!).

vencedor da partida - Mateus Laranjinha
OBS.: O Solon queria ficar de primeiro jogador sempre pra por a mão no saco preto, até por isso o Riffel garantiu esse privilégio (WTF! o.O) para um próximo jogo.

Solon todo feliz de colocar a mão no saco preto

Segundo jogo da noite foi Tigris & Euphrates

Jogo que tem uma curva de aprendizagem significativa e achei o jogo interessante (sabe quando aparece aquela garota feia, mas gente boa e você chama de simpática, no caso de boardgames "interessante" é a palavra). Você basicamente é uma civilização e detém de 4 líderes (um de cada cor). Você vai alocando seus líderes, porém só pode existir um chefão de um tipo de cor para cada região. O jogo tem a mecânica de set collection para pontuar e em certos momentos do jogo desencadeia um monte de conflitos com uma mecânica simples, porém inteligente. A única coisa que achei complicado foi as regras de alocação e visualização dos reinos, eu particularmente (oh BURRO!) não conseguia visualizar as áreas de influência de cada líder. Eu achava que o Riffel iria ganhar, mas foram ajudando tanto o Solon (parecia jogo de cumadre) que no final ficou empatado Solon e Riffel em primeiro e o burro aqui atrás deles com 1 ponto a menos.
dupla dinâmica vencedora
E não esqueça, seu comentário é o nosso salário. Até a próxima! 
Mateus.

9 comentários:

Vitto disse...

Ótimo primeiro post Mateus! Parece profissional escrevendo, bem melhor do que aquele carinha de antes... :P
Brincadeira, mas ótimo post mesmo.

Bons jogos, gostaria de experimentá-los um dia.

Mas e o lanchinho do tio Solon? É sobre isso que todos queremos saber!

Kony disse...

Ah claro! o lanche é a parte principal. Como sempre falamos, o jogo é só desculpa para ir na casa do Solon conferir aquele lanche esperto do fim de tarde.

Ubiratã de Oliveira disse...

Muito bom mesmo...
Realmente precisávamos desse novo gás no blog...

Parabéns Mateus...
Braços

Riffel disse...

muito bons, o post e a joga. Peço desculpas por termos jogado erradamente o T&E pois nāo tinhamos as regras originais. o jogo é muito melhor! O lanche nota 10!

Andrei disse...

Bem legal!

Na primeira vez que li não vi o nome do Mateus ou não estava escrito, percebi mesmo que não era o Bira, pelo estilo de escrita diferente, e também que ele não estava nas fotos heehhe.

José Artigas disse...

No fim vai ter mais comentários só porque o blogger é novo.
He he he.

Gerson Monteiro disse...

Os dois jogos são muito bons, com destaque na minha opinião para o "Pillars of Earth"... Magnífico jogo! Abçs a todos!

Ubiratã de Oliveira disse...

PÔ Andrei sacanagem...eu nem apareço nas fotos, pois sou eu quem fotografava meu!!!!

Mas pelo menos no teu comentário não tava escrito que notou que não era eu pois não tinha erros primários de portugues...huahuhauha

Wagner disse...

Tigris & Euphrates é um jogaço! Tenho certeza que se vocês jogarem mais partidas, também colocarão este Jogo nos Tops... Embora não seja meu Top 1, Tigris & Euphrates brilha quando o autor coloca aos jogadores, a necessidade de ter uma Dinastia equilibrada... Não adianta em nada você dar preferência a uma "cor", pois a que entra na contagem final de pontos é a menor... Equilibrio aqui é a palavra chave, e guerras por Reinos são uma constante. Jogo muito bem bolado!!!
Abraços