quarta-feira, 6 de junho de 2012

Dessa vez não teve Resistance

Então mais uma joga das quartas... como de costume o jogo começa mais cedo com uma mesa dos adiantados (Vitto, Mateus, Solon e Bira) e nela um Pompeizinho pra aquecer a fria noite de inverno...
Homemade bacana do Solon...jogo divertido cheio de caos, bem família, nada pra esquentar a cabeça...tive uma vitória relativamente fácil, mas por sorte (dá pra ver aí abaixo no inicio da erupção o quanto de azulzinho tem no tabuleiro) do que por mérito, mas assim é o game, que vale como filler...



Cidade em chamas, saidas sendo fechadas...e lá um pobre azul, membro de minha família, perto de ser fritado e cozido em lava vulcânica...heheheh


Na outra mesa com o povo  que ia embora mais cedo (Vitto), que chegou mais tarde (Andrey e esposa, Pedro, Rodrigo) ou que não ia pro Dungeon Lords (Cris que fez até beicinho e Ale) rolou um cooperativo: o Red November...
Povo animado na foto tentando evitar que o submarino não afundasse de vez...eu não gosto de ficar falando sobre coops, mas o povo que tava na mesa manda seus comments ae...


Eu sabia que a coisa tava tensa e o final seria o fundo do mar...o Ale com carinha de espirito do mal ria do desespero da esposa do Andrei que tentava manter seu marinheiro (um gnomo russo) sóbrio pelo menos...


Essa foi a foto final, onde em uma rolagem o Rodrigo pos a pique o bagaço... é povo não deu...hehehe


O jogo da vez foi o Dixit, divertido e party a galera curtiu a brincadeira...deu Rodrigo na cabeça o mais experiente no jogo o que prova que mesmo Party tem sua estratégia e balacobaco....


Mas o jogo da noite, pelo menos da minha noite foi o Dungeon Lords...um belo jogo em todos os sentidos (estético e prático)....Era nossa segunda partida e seria a primeira por completo...

O jogo é um de alocação de trabalhadores, com algumas sacanagens do tipo cuidar o que o cabra pode fazer e ferrá-lo, ter vantagens em ser o primeiro e desvantagens assim como ser o ultimo...

No final de cada ano (jogam-se 2) tem ainda uns combates, enfim o jogo é bem completo, cheio de estratégia, planejamento, mas uma boa dose de caos pra dar aquela galinhada...

Posso dizer que ao lado do Caylus e do Dominant Species são os meus preferidos Work Placement (sou meio ressabiado do Carson City)

O jogo é daqueles tão bons que acabei não fotografando NADA...logo eu...ainda mais que tinha de fotografar a outra mesa...e ainda papear com o Jesse que tava ali da bobeira...

Venci o jogo, mas mais importante que a vitória foi que todos se divertiram, se sacanearam...jogo de boas risadas e da recuperação do Solon que dessa vez dava uma comida pra pegar um monstro...Dá-lhe veinho bom de bola...


Desta feita não rolou Resistance...o que foi uma falha da galera Cylon..pô pelo menos um povo de Deus...
Braços

8 comentários:

Vitto disse...

Que pena que os gnomos morreram, mas vocês tem certeza que o Rodrigo não tentou fugir com o snorkel dele? Sempre o cylon...

Faltou umas fotos do DL né Bira? O que foi? Ficou nervoso no jogo com a presença do Paladino? Espada era grande é?

Cris Batista disse...

A situação estava tão ruim que o Rodrigo nem teve chance de sequer tentar fugir com o aqualung dele. hehehe

E eu fiz beicinho sim! Quer dizer que pra explicar as regras e ficar tirando dúvidas eu sirvo, mas ter lugar na mesa pra jogar, nem pensar né!? Bando de fiadapu!

Mas tudo bem, na próxima se o "clubinho" do DL deixar, eu jogo uma. De repente, aproveitando q ainda estou com o DL do Douglas, a gente podia fazer duas mesas e promover um "minicampeonato" do jogo, o que acham!?

Abraços a todos!

Kony disse...

Ontem a noite foi muito divertida, Dungeon Lords realmente é um ótimo jogo e bem hardcore em todos os sentidos. e da próxima vez combinamos tudo certo para fechar as mesas.

Rodrigo Furtado disse...

Só uma correção, quem afundou a birosca foi o Andrei, o gnomo russo encarnação física do Azar e não eu. Minha rolada, anterior a dele, até nos salvou! No fim eu nem acredito que morri antes de escapar da birosca sozinho tocando a flauta do jethro tull e fazendo troll face.

Mas, enfim, meu feedback do jogo: jogo parado, bobinho e tendencioso para um puppetry por não ter "cylons" até muito tarde. Pontos positivos? parece ter uma boa "rejogabilidade" por causa dos acontecimentos randomicos e é relativamente simples de explicar até para crianças.

Jogaria de novo? Provavelmente não.

Andrei disse...

Ae, Bira, legal vocês falarem dos seus jogos favoritos. Eu que to começando acho legal saber quais jogos que vocês, que jogam há anos, gostam mais ;)

Sobre o Red November, pior que literalmente afundei o barco :P
3 roladas de dado que falhei (2 em sequência) acabaram com nossas chances. E isso que a rolada não era muito complicada. Uma de 80% e outra de 60% :S Mas foi legal o jogo. Bem mais interessante do que o que eu esperava.

Ubiratã de Oliveira disse...

1o. ô Vitto quem tá interessado na espada aí é o amigo...só pra constar o Paladino nem entrou no jogo..
2o. Cris quase cedi meu lugar pra ti seu beiçudo...mas achávamos que vcs tinham combinado um Conan, por isso combinamos um Dungeon...se os Conanudos não são de fé nos horários e combinations os Dungeludos o são...risos
3o. Bom rodrigo eu também passo a vez no Red November aliás cooperativos em geral sou bem receoso...
4o. o legal é justamente isso no grupo temos gosto pra tudo e mesmo os de gosto separado volta e meia se acham em uma mesa igual...se curtiu o RN Andrei combina ai com o Cris, assim como o Pedro quer fazer e vá testar o Arkham Horror e o BattleArgh Galactica...hehehe

Andrei disse...

Pode ser, pode ser hehehehe.

Mas eu também sou da turma dos que gostam de competir, da estratégia, do confronto =P Vamos ver qual é se eu conseguir ir no Game of Thrones ou quando pegar algum mais "pesado" como tu diz hehe.

Pedro Monsev disse...

Eae pessoal,

Qto ao jogo dos gnomos, achei a sistemática dos minutos bem pensada, mas o jogo em si precisa de uma mente humana maligna jogando contra o resto do coop. Ok, o red november não é esse tipo de jogo, porém chego a conclusão de que coops pra mim precisam ser algo no estilo battlestar galactica, onde sempre tem alguém tentando sabotar. Jogar só contra o tabuleiro acaba parecendo meio sem sentido.

E eu acho q quem afundou o submarino fui, tá certo que tiveram uns ae que rolaram 10 precisando de 9 pra baixo, mas eu fui fazer algo bom, mas não extremamente necessário, acabei bebendo no processo, desmaiei e abri diversos eventos caóticos que culminaram na nossa aniquilação. Bem aventurado que fui, morri inconsciente, queimado e bêbado antes de implodir.

Qdo vi o segundo jogo minha primeira impressão foi de "MAS COMO ISSO PODE VIR A SER UM JOGO", me surpreendi, as interações entre os jogadores são mais interessantes, você quer criar charadas pra um adversário acertar contigo e despistar os outros, e esse adversário que acerta não pode ser sempre o mesmo. e eu acho que o Rodrigo só ganhhou pq ele foi o único que teve 3 chamadas para pistas :P. Talvez um jogo coop devesse ser mais assim, os jogadores tem objetivos de grupo mas devem ter objetivos pessoais, e deve ponderar os dois pra tomar decisões únicas, e não a melhor possível pela lógica do grupo.