domingo, 24 de maio de 2009

Tem um pessimista à bordo...

Pois então... continuamos na crise de jogas...
Tá bom nem é tanto...na ultima até quem furou fui eu...
Estamos aí planejando um paintball, uma mega joga (31/05) e até uma ida a Tubarão jogar lá com o ovo da Ilha... ou seja bom ventos por aí...

Bom mas o tópico de hoje é pra falar sobre um jogo (Battle Star Galactica) e divagar um pouco sobre o que atrai em um boardgame...
Nada com muito embassamento teórico não..mais uma divagação, baseada em observação e prática (empirismo)...

Tudo começa em uma joga baseada na casa "nova" de Flamarion...
Onde começamos com uma tentativa de King Me...
Que só não foi ao final pela chegada de Marcos Riffel



Bom com o M.R. chegou também o famigerado BSG...
Com seu belo tabuleiro, peças, cartas enfim componentes de encher os olhos...




Bem a temática do bicho é bala também...é sobre um seriado americano de ficção e bláblábláblá...

Estávamos em 5: Cris, Alê, Marcos, Flamariom e eu...todos já com experiência no jogo, optamos pela variante que dá mais chance aos humans...


Bom mas o que quero dizer nada tem a ver com o game, que pela foto abaixo já dá uma idéia da fodelança que foi e perdemos nossa 6 partida (6 j ogos 6 vitórias todas por nocaute...risos)


Choveu Cylons na nossa porta e perdemos pela invasão de 2 raiders...mas cada jogo perdemos por uma causa, seja, cartas ruins, jogarmos mal, o Cylon infiltrado jogar bem..ou isso ou aquilo...

Bom sempre que jogo esse jogo me frustro...acho que o tabuleiro é invencível...quase como o time do Inter (sou gremista)... o Cris fala que sou pessimista e que estamos quase vencendo a máquina...sei lá...acho queo jogo é quebrado....

Me pergunto o que faz alguém gostar de um jogo?

E respondo:
*o desafio
*a diversão
*o apreciar da mecânica, componentes do jogo, fama, novidade....

vejam que em momento nenhum coloquei "ser bom" no game... acho que jogar pra vencer é o bom...querer só vencer ou só se divertir vencendo algo nada a ver...

Jogo com alguma frequencia wargames hex and counters... tabuleiro e componentes feios, mecânica igual sempre, pesada, muita rolagem de dados, ganho/perco, mas no fim de tudo me divirto muito...
Já o BSG é tudo de bom como já falei lá em cima, mas sei lá ao final do boardgame dá uma ressaca, fica meio assim perdemos e tal...que merda jogo ruim...putz!!!

Então vá lá...o que faz a gente desgostar de um jogo:

*tema que não atrai
*ser ruim, perder sempre, não entender
*jogo muito escroto, com peças lixo, tabuleiro nada a ver, cartas péssimas

Sempre digo que não jogo mais o Battle Star Galactica, mas acabo cedendo, por pura birra e vontade de revanche e pra não estragar a diversão da galera que gosta muito do joguinho... mas realmente não gosto do jogo, muito desbalanceado, muita sorte envolvida e ela sempre prejudica o povo que tenta vencer o board...

Mudando de saco pra mala; a galera andou jogando uns replays de jogos coisa light, rápida...
Aqui vai o breve relato enviado pelo Gaudério...
"Relatorio da joga no Cris.....
depois o mesmo manda as fotos.

* Ticket to Ride -
Gaudério x Ale x Cris:estava emocionante.....
Gaudério fechou todo o sul do Canada, enquantoCris estava descendo pela California....O Ale estava indo pelocentro.....
No meio do percurso, eu e o Ale começamos a disputar estradas e eu fechei o caminho dele varias vezes hehehehhee.......No final, consegui completar cinco objetivos, mas no ultimo turno decidi ganhar ponto pegando algum objetivo que eu já tivesse concluido e me dei mal......:( Foi um arrisca tudo......
Na estrada maior, eu e oCris empatamos, o que garantiu uma vitoria dele por 6 pontos devantagem.
Cris: 134 pontosGauderio: 128 pontosAle: 112 pontos

* Niagara -
mesmos participantes.Cris venceu coletando 7 pedras preciosas, mas a partida estava bem disputada...remadas fortes.

* Bonanza -
idem quanto aos participantes.A acirradissima disputa entre o Gauderio e os Batista. Coisaincrivel.....no comeco Cris estava mandando bala, mas depois Gauderiose recupera. Fazendo muitas cagadas nas plantacoes, Gauderio consegue terminar a partida com 29 pontos vencendo os Batista (o Pai fez 23pontos e o Filho fez 21 pontos).

* Niagara-
novamenteMarcos chega na roda e aprende a jogar...
Cacilda!!! Que partida emocionante...todo mundo remando contra +2 da corrente parecia um rafting no rio das antas.....Uma hora fizemos o Ale perder os dois barcos numa tacada só....
Eu e o Marcos num complo nao combinado forçamos a corrente que estava calma......
Efeito El Nino :p
No final Cris e eu empatamos.....Ele coletou uma de cada tipo e eu coletei 4 da mesma cor e sete no total. Ainda acho que a vitoria éminha....
pois eu matei dois criterios :p
E o Cris acha que é dele porque ele jogou primeiro :p

Jogamos um jogo do Marcos rapidamente porque demoramos para pegar as regras, mas ele pareceu muito divertido.
Peço ao Cris que complete os detalhes que me fugiram da lembrança.
Gauderio"


Um abraço a todos valeu Gaudério pelo relato...
E era Isso...
Bira

3 comentários:

Kinho, El Primoroso disse...

Dando um pitaco:
O que me atrai:
1º Divertimento entre amigos
2º A obrigação de pensar diferente, testar algo incerto e analisar depois. Infelizmente nem todos os jogos fornecem isso...

O que afasta:
1º Excessiva dependência da sorte
2º Se o jogo for uma boa ideia porém mal aproveitada eu não ligo, mas se a idéia for uma merda....

Cristiano disse...

Aí Bira, vou descordar em uma coisa: Perder sempre não é motivo para desgostar de um jogo. Isso vale pra você que é MUITO competitivo e que se não ganha uma partidinha sequer (de qualquer coisa) na joga, não sai satisfeito. Aliás, você bem sabe que o motivo de você não ser um grande fã de jogos cooperativos é exatamente pelo fato de a vitória nunca ser unica e exclusivamente sua. Falei besteira? Acho que não né?
Voltando ao tópico. Eu, por exemplo, adoro certos jogos que raramente venço (Saint Petersburg e Puerto Rico, só pra citar alguns que gosto tanto que eu inclusive comprei) mas se o jogo me diverte e me desafia, pronto, me ganhou.
Abraço amigo!

GamersPoA - Ubiratã Oliveira disse...

Sei que sou competitivo...talvez um defeito, talvez uma qualidade quem sabe?
Mas também gosto de jogos que não venço e sinto-me desafiado...
Aliás acho que todos que curtem jogos são competitivos caso contrário procurariam jogar paciências...hehehe...